Rádio JOVEM PAN

96.9. Jovem Pan Passos

Ouvir

Autor de "Hear Me Now", Zeeba elogia o "visionário" Alok e relembra histórias de Avicii

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Bruno Motta e Zeeba participam do Pânico; veja fotos

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Fonte: João Henrique Moreira/Jovem Pan

Conversa na bancada foi da música para a comédia

Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia
Conversa na bancada foi da música para a comédia

Só de ouvir o assobio, o hit já nos vem à cabeça. Quando chega o verso "If you get to hear me now", então, nem se fala. Pega e demora para ir embora. É a prova de que  Hear Me Now, uma das faixas mais pedidas nos shows do popular DJ Alok pelo mundo, funcionou. O que alguns ainda não sabem é que a composição é de outro artista brasileiro, o cantor Zeeba. Em entrevista ao Pânico nesta segunda-feira (11), ele, que está tirando uma nova música de trabalho do forno, contou como a parceria aconteceu.

"Eu e o Bruno fizemos a primeira versão que seria pro meu EP. Melodia e voz. Costumo fazer voz e violão, mas o Bruno tinha um teclado aí cantei o refrão e ele acompanhou. Eu morava nos Estados Unidos e o Alok passou no estúdio e curtiu. Quis lançar junto e fez uma versão mais eletrônica com as batidas. Deu certo! Ele foi um visionário. Tem um ouvido bom. A música tocou muito no mundo inteiro. Fizemos turnê em tudo quanto é lugar", disse. "Acho que não existe uma regra para viralizar. A música acontece sozinha. Claro que o primeiro investimento tem que ser feito para as pessoas escutarem. Para ter exposição. Agora, se gostam ou não é o X da questão".

Por conta da parceria, ele e o DJ viajaram juntos por inúmeros países. Passaram, por exemplo, pelo Lollapalooza da Argentina e por quase toda a Europa, incluindo Ibiza e o festival Tomorrowland da Bélgica, os maiores centros da música eletrônica mundial. Só que, acredite se quiser, o período acabou prejudicando seu trabalho de compositor. E isso é relatado em sua nova música, intitulada Live in the Moment  e lançada na semana passada. 

"Fiquei dois anos em turnê com o Alok, uma correria muito louca. Chegamos a fazer quatro shows em um dia. Era desgastante essa vida. Parei de compor de tanta doideira. Não dava tempo. Estava cansado com a rotina sempre igual. Então parei. Em janeiro passei a fazer menos shows. Voltei para Los Angeles e, com mais tempo, escrevi. A gente sempre espera pelo que vai vir depois e essa ansiedade limita. A música fala sobre isso, sobre viver o agora", explicou.

O depoimento de Zeeba fez com que a bancada do programa relembrasse a trágica trajetória de Avicii, DJ sueco que lutava contra problemas com álcool e drogas e cometeu suicídio em abril deste ano. As duas histórias, porém, possuem finais bem diferentes.

"Quando eu estou no show, estou sempre muito feliz. É gratificante. Não passei por nada perto do que o Avicii passou. Ele tinha um problema sério com alcoolismo. Matava uma garrafa de vodca de cara. Alguns amigos meus conheceram ele, trabalharam com ele e me contaram histórias. Ele ia para Los Angeles, por exemplo, e ficava no deserto só escrevendo música. Tinha esses momentos sem agitação. Mas depois chegava em algum outro lugar e mandava uma vodca inteira", lamentou.

Aqui você confere o videoclipe de   Live in the Moment:

Tags da Pan

Comentários